Temps  7 hores 31 minuts

Coordenades 1914

Data de pujada 9 / de gener / 2018

Data de realització de gener 2017

-
-
150 m
35 m
0
5,1
10
20,57 km

Vista 568 vegades, descarregada 15 vegades

a prop de Ponte do Rol, Lisboa (Portugal)

pt
Como acontece com todos os trajectos da Rede de Percursos de Torres Vedras, este não apresenta quaisquer dificuldades técnicas, sendo a classificação de moderado devida unicamente à extensão, que atinge os 20 km.
Em terras de grande tradição agrícola como é toda esta zona do Oeste, a água tinha forçosamente que ter um papel preponderante. Para o abastecimento doméstico, para a irrigação das culturas, para os lavadouros, que a zona era intensamente povoada e as lavadeiras tinham muita ocupação. E esta Rota é uma interessantíssima deambulação por todo esse passado. Visita bem documentada, já que a autarquia fez colocar, junto de todos os pontos de água, um cartaz com o nome do poço ou fonte onde estamos e o mapa de todo o percurso com identificação dos diversos pontos de passagem, dezoito ao todo, mas na verdade contamos mais de trinta poços ou fontes. Não registei os waypoints de todos eles, para não tornar este ficheiro demasiado "pesado", mas figuram a maioria dos mais representativos.
Um pormenor interessante é o facto de em muitos deles haver corda e balde, sendo possível experimentar elevar água do poço.
Deixamos o carro no Parque Verde da Ponte, não falta aí onde estacionar. Logo no início, junto do cartaz informativo, há um aviso de que a falta da ponte pedonal sobre o Sizandro obriga a fazer um desvio ao percurso idealizado. Seguimos, surpreendidos, logo nos primeiros passos, com a patente glória passada de Ponte do Rol, o que se sente em particular no largo central da aldeia, onde fica a bonita Igreja Matriz, original de 1530 mas reconstruída após o terramoto de 1755.
Depois é todo um percurso rural e repleto de referências à água, bem vital, água é Vida. Oportunidade ainda para passar pelas ruínas de 3 construções militares, normal numa região enxameada de fortes ou construções defensivas directa ou indirectamente integradas nas Linhas de Torres.
Como habitualmente as nossas mochilas levavam tudo o necessário para um bom picnic; mas desta vez o momento do café foi enroquecido pelos saborosos pasteis de feijão que antecipadamente compramos na Padaria do Moleiro. A não perder!

en
As with all the routes in the Torres Vedras Route Network, this one does not present any technical difficulties, and the classification "Moderate" is due only to the extension, which reaches 20 km.
In lands of great agricultural tradition as happens in the whole area of the West region, water was bound to play a preponderant role. For the domestic supply, for the irrigation of the crops, for the "lavadouros", that the zone was intensely populated and the laundresses had much occupation. And this Route is a most interesting roaming along all this past. Well documented visit, since the local authority has put, next to all the points of water, a poster with the name of the well or source where we are and the map of the whole route with identification of the several points of passage, eighteen at all, but in fact we counted more than thirty wells or fountains. I have not registered the waypoints of all of them, so as not to make this file too "heavy", but most of the more representative are included.
An interesting detail is the fact that in many of them there is a rope and a bucket, so you can try to raise water from the well.
We parked our car in Parque Verde da Ponte, there is no shortage of parking there. At the beginning, next to the information poster, there is a warning that the lack of the pedestrian bridge over the Sizandro obliges to make a detour to the idealized route. We followed, surprised soon at the first steps, with the past glory of Ponte do Rol, which is felt in particular in the central square of the village, where was built the beautiful Mother Church, original from 1530 but rebuilt after the earthquake of 1755.
Then it is a rural course, full of references to water, a vital element, water is Life. Opportunity still to pass through the ruins of 3 military constructions, normal in a region swarming of forts or defensive constructions directly or indirectly integrated in the Linhas de Torres defensive system.
As usual our backpacks took everything necessary for a good picnic; but this time the coffee moment was enroached by the tasty bean pastries that we bought in advance at the Bakery of Moleiro. To not miss those delicacies!

x - x - x

Aqui ficam os links para os doze PR's de Torres Vedras:

PR1 Torres Vedras Rota do Vinho e da Vinha
PR2 Torres Vedras Rota do Atlântico
PR3 Torres Vedras Rota das Lapas
PR4 Torres Vedras Rota do Castro do Zambujal
PR5 Torres Vedras Rota do Vento
PR6 Torres Vedras Rota da Luz
PR7 Torres Vedras Rota das Quintas
PR8 Torres Vedras Rota dos Moinhos
PR9 Torres Vedras Rota dos Encantos
PR10 Torres Vedras Rota da Água
PR11 Torres Vedras Rota do Morango
PR12 Torres Vedras Rota do Pão e do Barro

Localização dos percursos no mapa:

mapa © Garmin MapSource

< - - >
Fontainha da Galegueira
Fonte das Adegas
Forte
Forte do Grilo
Forte
Geodésico
Largo Álvaro Da Ponte
Lavadouros
Nora do Casal Malacas
Painel percurso
Poço na rua S Paulo
Poço da Tia Rita
Poço do Paraíso
Poço da Escola
Poço do Mergulhao
Gibraltar
Reservatório e geodésico
Reservatório novo
Largo Álvaro Da Ponte 17
Unpaved Road

2 comentaris

Si vols, pots o aquesta ruta.