Descarrega

Distància

78,35 km

Desnivell positiu

1.429 m

Dificultat tècnica

Fàcil

Desnivell negatiu

1.618 m

Altitud màxima

723 m

Trailrank

39

Altitud mínima

312 m

Tipus de ruta

Només anada

Temps

un dia 54 minuts

Coordenades

1565

Data de pujada

26 d’abril de 2021

Data de realització

d’abril 2021
Sigues el primer a aplaudir
Comparteix
-
-
723 m
312 m
78,35 km

Vista 31 vegades, descarregada 0 vegades

a prop de Concórdia, Santa Catarina (Brazil)

Tour destinado a explorar e desbravar paisagem, cachoeiras, antigas construções, PCHs edificadas, corpos hídricos, aspectos culturais e campismo.
Circuito abrangeu os municípios catarinenses de Seara, Itá, Paial e Chapecó.
No primeiro dia, partida de Concórdia a Itá, via Seara, com o objetivo de conhecer o distrito de Caraíba, em Itá.
Conforme indicação, há um belo casarão em alvenaria antes de acessar o distrito de Caraíba, possivelmente de colonos alemães, porém não consegui identificar a data ou período.
Passagem pela Linha do Passo do Uvá, em Itá, com o objetivo de observação da PCH no Rio Engano.
Pernoite acampando no Museu e Restaurante do Balseiro, em Itá. Na minha humilde opinião, depois do Museu Fritz Plaumman (das borboletas e insetos) o Museu do Balseiro é o segundo ponto mais importante no aspecto histórico e cultural na região. Essa foi minha terceira visita ao museu, administrado pelo Sr. Nilo, a esposa Sra. Ivanir e a filha do casal. Nessa estada, tive a oportunidade de saborear a "comida de balseiro" e o "remédio do balseiro".
Os Balseiros do Uruguai foram responsáveis pelo transporte de madeira extraída em todo o Oeste de Santa Catarina, sendo o cedro e a araucária as mais representativas. O ciclo econômico foi realizado entre 1930 até o término da década de 1960. O caminho dos balseiros era a navegação a jusante do Estreito do Uruguai, entre Marcelino Ramos e Alto Bela Vista (hoje submerso pelo barramento da UHE de Itá), transpondo o maior desafio fluvial imposto pelo Salto de Yocumã (no município de Derrubadas, RS e divisa com a Argentina) e com destino final a São Borja (RS). A navegação era possível somente em períodos de "Ponto de Balsa", constituído no regime de cheias do Rio Uruguai e a imersão natural do Salto de Yocumã. As balsas tinham aproximadamente 400m³ de madeira amarrada com cipós, sendo a própria carga que formava geometricamente a "embarcação". A navegação era a remo e leme, tendo mais precisamente na década de 60 o uso de pequenos barcos para apoio a navegação e não para empurra ou puxe do comboio. Toda a madeira era vendida principalmente para a Argentina e Uruguai, tendo enriquecido muitos "atravessadores" no processo comercial, sendo um deles o próprio Getúlio Vargas, quando o Jango fora ministro do fascista carcamano dos Pampas.
Foto

Residência típica no distrito de Caraíba, Seara, SC

Lloc religiós

Igreja no Distrito de Caraíba, Seara, SC

Foto

Antiga construção de dois pisos em alvenaria - Distrito de Caraíba, Seara, SC

Lloc religiós

Gruta N. S. de Lourdes - Distrito de Caraíba, Seara, SC

Foto

Casarão em alvenaria, possivelmente de imigrantes alemães - Vista frontal, Seara, SC

Foto

Casarão em alvenaria, possivelmente de imigrantes alemães - Vista fundos, Seara, SC

Lloc religiós

Igreja na Linha Passo do Uvá, Itá, SC

Riu

Rio Engano, basicamente morto com as macrófitas, Itá, SC

Foto

Vista da PCH no Rio Engano, Itá, SC

Comentaris

    Si vols, pots o aquesta ruta.